17/01/2012

Cerimônia x Religião

Posted in casamento tagged , , , , , às 4:28 PM por Natália

Hoje tenho um assunto um pouco polêmico para tratar aqui e decidi compartilhar isso porque é algo que vem me incomodando um pouco.

O primeiro fato é que respeito todas as crenças e religiões. Não tenho preconceito e cultivo até certa curiosidade sobre o que cada doutrina prega. Fui criada a vida inteira na igreja Católica. Fui batizada, fiz primeira comunhão, fui coroinha e fiz também crisma e já participei até do coral da igreja. Fiz tudo o que tinha direito enquanto uma Católica Apostólica Romana. Acontece que com a idade, vieram muitos questionamentos que essa religião não me sanava. Dúvidas tanto em relação à doutrina quanto à atitude das pessoas em relação à religião. Comecei à não mais me satisfazer com aquilo que me era oferecido e busquei novas alternativas.

Minha família pode ser dividida basicamente em 2 partes. Uma delas é Católica e a outra participa da Congregação Cristã do Brasil. Já inclusive frequentei bastante essa última, desde criança e gostava muito da palavra e das músicas.

Mas com o tempo e minha cabeça feita, depois de procurar o melhor caminho pra chegar à Deus, me encontrei na religião Espírita Kardecista. Foi a religião que mais respondeu minhas dúvidas e a qual existe mais lógica na explicação de todas as coisas. Me identifiquei e desde então comecei a frequentar.

Até aí nada de novo afinal, cada um tem o livre-arbítrio para escolher seguir a religião que quiser e respeito muito isso. Mas tudo muda à partir do momento que isso me afeta.

Como eu disse, uma parte da minha família é da Congregação e desde que disse a primeira vez que iria me casar, ouço frases do tipo “não vou poder ir no seu casamento”, “só vou poder ir na festa e se for na festa nem vou poder comer nada”, etc.

Isso me chateia muito! Já fiz a escolha de não casar na igreja para não ferir os princípios de ninguém. Pensei muito e ao invés de contratar um padre para fazer a cerimônia, contratei um mestre de cerimônias, por diversos motivos que eu expliquei no post aqui. Sempre me preocupo em tentar agradar à todos e paro pra me perguntar quem se preocupa comigo?

Não entra na minha cabeça que pessoas que eu goste tanto, que sempre considerei e que até cogitei serem meus padrinhos, me digam que não poderão participar da minha cerimônia por causa de uma religião. Peralá!
Quem criou a religião não foi o homem? Deus não é único? Então porque raios uma pessoa não pode assistir e desejar bençãos para um casal que está se unindo perante o amor de Deus, por conta de uma religião?

No inicio comecei dizendo que não seria um padre a celebrar meu casamento, mas depois pensei que quem realmente gosta de mim e me considera estará lá. Gosto de ouvir coisas de amor e coisas de Deus, não importa de onde e de quem venha, desde que sejam coisas boas!

Quero que minha cerimônia celebre o amor e a união, e não religião alguma.
Decidi que de agora em diante, se me perguntarem se vai ser com padre meu casamento, vou dizer que ainda não decidi. O amor à Deus e ao próximo não deve criar barreiras e sim derrubá-las. Decidi que quero no meu casamento todos que me amam e me desejam bem. Pessoas que querem presenciar nossa união para vibrar boas energias, estar feliz junto com a gente.

E quem não fizer distinção quanto à isso, com certeza não se arrependerá.

Beijos

@noiva_neurotica

Anúncios

4 Comentários »

  1. Fabi said,

    Acredito que, antes de mais nada, devemos praticar a tolerância. Infelizmente algumas religiões pregam a intolerância para com aqueles que não participam da mesma fé. Eu, particularmente, acho um absurdo. Mas as pessoas que se submetem a isso devem ter lá as suas razões, que eu, até hoje, não entendo.
    Felizmente, na minha família, apesar de haver algumas diferenças religiosas (somos católicos, mas tenho tios presbiterianos e outros espíritas), são todos muito tolerantes com as escolhas dos outros. Espero que tudo dê certo para você.
    Beijo!

  2. cyribeiro said,

    Mais tarde vou ver se consigo te add do hotel, ok?

    Amei esse seu post!
    Vc está certíssima!
    Vc vai ficar se descabelando para agradar a gregos e troianos e, enquanto isso, elesnão estão nem aí para vc. Se são intolerantes quanto à religião, imagino com o resto.
    Seu ponto de vista foi ótimo, super imparcial quanto à religião, mas focando no principal: o seu casamento.
    Case da maneira que quiser, Naty! Deus é Amor e Ele está em todos os lugares.

    Bjo!!!

  3. Cristine Busch said,

    Olá Natália, gosto muito do blog e das dicas que vc fornece a nós Noivas Neuróticas…rs.
    Como o assunto é polêmico e efeta o relacionamento entre as pessoas, quero deixar uma opinião minha, formada com base em minha experiência.

    Bom, primeiramente quero deixar claro que sou evangélica. E em segundo lugar, deixar claro que apesar de quase toda minha família tb ser, nunca tivemos problemas com as pessoas que optaram por outros caminhos. Afinal, livre arbítrio é isso!
    E mais que religião, o que importa é o relacionamento intimo e pessoal com Deus, isso só a sua busca e o seu interesse vão produzir e manter!!! Assim sendo, faça o que seu coração mandar!!!

    Agora, gostaria de fazer uma observação, conheço muitas denominações cristãs, mas nenhum é tão presa a “religiosidade” quanto a Congregação. O que eles pregam pode ser parecido com outras igrejas, mas na atitude tem muita diferença. Isto ao invés de mostrar ao mundo o amor de Deus, só trás separação!!!

    Mas tem outro porém, não posso chegar ao ponto de concordar com visões “pagãs” que dizem “todos caminhos levam a Deus”, “Deus está em todos lugares”, “Se Deus é um só, qual é o problema”. Não querida, Deus mesmo se póe como o único verdadeiro, mas existe muita coisa por aí que não é Deus, mas que se faz passar por Ele. Imagine todo o trabalho que Deus teve no velho testamento, justamento pq a toda hora o povo se desviava e corria atrás de outros deuses, que pareciam oferecer favores e prazeres momentaneos!? E veja o que os povos estão sofrendo até hoje por causa do afastamento e da desobediência ao Deus verdadeiro!!!

    Calma, não estou dizendo que o caminho que escolheu esteja errado, de forma alguma. Até pq se vc já conheceu à Deus de verdade e consegue vê-lo onde está e em tudo que pregam, ótimo. Eu disse tudo isso pq no geral, as pessoas confundem tudo, principalmente quem nunca teve alguma experiência real com Deus, apenas o conhece de ouvir falar. E isso não depende muito do lugar ou da religião, e sim da busca pessoal de cada um! Pois Deus, é um Deus pessoal, te intimidade, amizade, carinho, e não alguém de longe, que só serve pra controlar e impor regras!!!

    Espero não ter ofendido ninguém, busquei me ater ao que conheço, e ao que já vivi!!! Se servir pra ajudar, ótimo. Senão, me desculpe!!!

    Deus te abençoe e ilumine teu caminho!!!
    Felicidades!!!

  4. Natália said,

    Olá Cristiane,

    Esse assunto é realmente muito complexo, mas acredito que toda opinião seja bem vinda, desde que com respeito, assim como você fez.
    Eu acredito que todo caminho reto de coração e seguindo a trilha do amor ao próximo, da compaixão e da caridade levam à Deus.
    E esse meu post é mais sobre respeito do que qualquer coisa. Você não precisa participar da cerimônia ativamente, fazendo orações e etc, mas se você gosta do casal que está se unindo perante o amor de Deus, qual o problema de presenciar isso e abençoar à sua própria maneira?
    Essa é a minha revolta, mas graças à Deus as coisas estão se encaixando e as pessoas estão se importando menos com esse detalhe de religião.
    Acredito que toda forma de amor deva ser exaltada!

    Bjs e que Deus ilumine você tbm!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: