17/08/2010

Por que casar?

Posted in Variedades tagged às 10:41 PM por Natália

Olá queridas,

Aqui estou eu mais uma vez me sentindo meio alheia ao mundo, ou pelo menos tentando fazer com que isso aconteça em alguns momentos.

Tenho tido exemplos de que casamento, para acontecer, deve ser muito bem pensado por ambas as partes (noivos), pois não é uma brincadeira que quando cansa, saímos do jogo. É até engraçado como muitas vezes o acontecimento vem antes do motivo que levou para tal. Porque se preocupar tanto com casar, fazer festa se não temos certeza de que é exatamente isso que desejamos para o resto da vida?

Namoro há quase 10 anos (completaremos em outubro) e faz muito tempo que tenho comigo essas decisões, de que ele é a pessoa com que quero passar o resto da vida. Mesmo assim, sempre paro para pensar e me certificar da responsabilidade que estaremos assumindo. Casamento não se basta com amor! Tem que ter antes de mais nada respeito. Respeito pelo que o outro é, o que gosta e o que sente. Sem respeito, o amor não perdura. Se temos respeito, teremos dignidade e honestidade com o outro.

Casamento não saiu de moda. O que entrou em jogo são as separações e essas estão cada vez mais banais. O que mais vemos são casamentos recentes se desfazendo… e por quê? Porque na empolgação, pensa-se que paixão é amor. Ficamos cegos, não conseguimos enxergar um palmo à frente, ou não queremos enxergar, é mais cômodo.

Todas as pessoas têm qualidades e defeitos. Acredito que devemos namorar o suficiente para conhecê-los e percebermos se as qualidades superam os defeitos, que acabam  por passar desapercebidos. Se isso não acontece desde o namoro, se os defeitos falam mais alto e são raros os momentos realmente de felicidade (e quando digo felicidade é aquela do dia-a-dia, nada de grandes acontecimentos, mas pelo simples fato de se sentir feliz por estar junto), como conviver com isso para todo o sempre?

Eu continuo à moda antiga, quero que meu casamento dure para sempre… mas quem não quer? O que não podemos fugir é da responsabilidade de nossos atos e escolhas, porque cada decisão poderá mudar nossos destinos.

E, antes de casar, amem-se e respeitem-se acima de qualquer coisa. Com dedicação, acredito que uma relação pode ser para sempre.

Quero ficar bem velhinha e continuar apaixonada pelo meu eterno amado!

Bjs

Coelho Casamenteiro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: